EMBALAGENS RECICLADAS

Tem se tornado cada dia mais comum o uso de embalagens produzidas através da obtenção de matérias primas plásticas recicladas ou recuperadas, como são conhecidas.
Apesar da aparência, algumas vezes opaca ou amarronzadas, possuem boa tração mecânica e elasticidade, conferindo a resistência necessária para acondicionar, armazenar e transportar produtos como, auto peças, tecidos, produtos eletrônicos, peças de borracha, maquinas e equipamentos em geral.
As embalagens plásticas recicladas ou recuperadas podem ser fornecidas e apresentadas em forma de sacos plásticos reciclados e de bobinas ou filmes plásticos reciclados.
Também podem ser lisas ou personalizadas e também coloridas através da pigmentação por conhecidos “masterbatchs”, o que confere diversas cores ao plástico.
O mais conhecido é o plástico reciclado de pebd (polietileno de baixa densidade), mas atualmente a tecnologia já tem permitido o avanço na reciclagem de materiais plásticos flexíveis como PP (polipropileno) cristal e do pead (polietileno de alta densidade) de forma a proporcionar características similares ao plástico virgem.
É muito comum as embalagens flexíveis recicladas apresentarem como se fossem “bolinhas” por toda a extensão do filme, proporcionado pelo não derretimento total do granulado da matéria prima. Alguns chegam a ficar um pouco áspero.
As embalagens plásticas recicladas, são apresentadas e conhecidas da seguinte forma:
Reciclado canela (sacos e bobinas transparentes)
Reciclado canelinha (sem cor definida)
Reciclado Cristal (fornecidos em sacos ou bobinas, geralmente não tão escuros, mas de coloração mais clara ou mais opaca, em relação ao polietileno de baixa densidade virgem.